Baú das Mensagens é um blog educacional com sugestões de textos, frases, dinâmicas e dicas para educadores. Iniciado em 16/01/2010.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Dinâmica: Integração

Dinâmicas de Integração
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

As dinâmicas de integração são excelentes para os primeiros dias de aula e têm como objetivo:

- que os participantes se apresentem;
- que memorizem os respectivos nomes;
- que iniciem um relacionamento amistoso;
- que se desfaçam as inibições;
- que falem de suas expectativas.

 
Dinâmica: MINHA METADE ESTÁ COM VOCÊ

* Objetivo: Promover a aproximação das pessoas do grupo e incentivar o diálogo e novas amizades.
* Preparação:
a) Recortar cartelas de cores variadas, tamanho aproximadamente de 10 x 5 cm, em número suficiente, de modo a não faltar para ninguém.
b) Escrever em cada cartela, uma frase significativa (pode ser parte de uma música, um título de história infantil, etc.).
c) Cortar as cartelas ao meio, de modo que a frase fique dividida.
* Como Fazer:
1. A dinâmica inicia-se com a distribuição das duas metades, tendo o cuidado para que todos recebam.
2. Estabelecer um tempo para as pessoas procurarem as suas metades.
3. À proporção que cada dupla se encontrar, procurará um lugar para conversar: o ponto de partida é a frase escrita na cartela.
4. Após dez minutos, mais ou menos, o facilitador solicita que algumas duplas falem sobre a experiência (o que sentiram, como foi o encontro, etc.).


♥♥♥Dinâmica: CONHECENDO MEU GRUPO

* Objetivo: Oportunizar um maior conhecimento de si mesmo e facilitar melhor relacionamento e integração interpessoal.
* Material necessário: Lápis e uma folha de papel em branco para todos os participantes.
* Como fazer:
1. O facilitador explicita o objetivo e a dinâmica do exercício.
2. Em continuação, pede que cada um escreva, na folha em branco, alguns dados de sua vida, fazendo isso anonimamente e com letra de fôrma, levando para isso seis a sete minutos.
3. A seguir, o facilitador recolhe as folhas, redistribuindo-as, cabendo a cada qual ler em voz alta a folha que recebeu, uma por uma.
4. Caberá ao grupo descobrir de quem é, ou a quem se refere o conteúdo que acaba de ser lido, justificando a indicação da pessoa.
5. Após um espaço de discussão sobre alguns aspectos da autobiografia de cada um, seguem-se os comentários e a avaliação do exercício.
*Extraída do livro: “Relações Humanas Interpessoais, nas convivências grupais e comunitárias”, de Silvino José Fritzen, Editora Vozes.

♥♥♥
Dinâmica: PROCURANDO UM CORAÇÃO

* Material Necessário: Corações de cartolina cortados em duas partes de forma que uma delas se encaixe na outra. Cada coração só poderá encaixar em uma única metade.
* Como fazer: Distribuir os corações já divididos de forma aleatória. Informar que ao ouvirem uma música caminharão pela sala em busca de seu par.
Quando todos encontrarem seus pares, o educador irá parar a música e orientar para que os participantes conversem.

♥♥♥
Dinâmica: UNIÃO DAS CORES

* Objetivo: Mostrar a importância da partilha e a união entre as pessoas.
* Material: Lápis de cor e desenho impresso. Importante: Cada criança estar com UM lápis de uma cor. Se a professora ver que a criança trouxe a caixa com mais cores, pedir para que a criança escolha a cor que mais gosta.
* Como fazer:- O professor deve trazer impresso em papel um desenho para as crianças colorirem. O ideal é uma folha para cada criança. Na folha deverá ter o mesmo desenho duas vezes.
- Distribui-se uma folha para cada criança, pedindo que elas pintem apenas um desenho e com a lápis que trouxe. O desenho vai ficar com uma tonalidade apenas.
- Quando as crianças terminarem o primeiro desenho, pede-se que inicie o segundo, mas agora elas não irão pintar somente com as cores que elas trouxeram e sim que emprestem o lápis do outro amigo para colorir o desenho, assim cada criança irá emprestar o lápis de um amigo para colorir e no final todos terão um trabalho colorido.
- Conclusão: O primeiro desenho ficou com uma cor uniforme. Quando eles emprestaram o lápis, o desenho ficou mais colorido.Com isso percebe-se que precisam se unir e se ajudarem mutuamente para obterem resultados melhores.

Organizado por IvaniseMeyer®





quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Dinâmica: Adaptação


Dinâmicas de Adaptação
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

OBJETIVOS
* Proporcionar um ambiente acolhedor;
* Proporcionar integração para criação de vínculo;
* Enfatizar aos pais que a vida escolar é um acontecimento significativo para toda a família;
* Aprender a compartilhar de forma harmoniosa;
* Identificar seus direitos e deveres nas regras de convivência;
* Perceber que a rotina atua como organizadora das experiências do cotidiano;
* Estimular o hábito de trabalhar em grupo;
* Estabelecer relações e diferenças entre a casa e a escola;
* Explorar diferentes jogos e brincadeiras;
* Identificar o próprio nome e o do colega;
* Identificar a si mesmo, o próximo, o ambiente em que vive e o ambiente escolar;
* Estabelecer relação com a escola e a família.

ATIVIDADES DO PROFESSOR:
* Planejar uma recepção de boas vindas com alegria e organização;
* Confeccionar mural;
* Elaborar palestra para os pais sobre a importância da participação na educação dos filhos, nas atividades da escola e junto à comunidade;
* Promover jogos, brincadeiras e atividades em grupo;
* Compor com os alunos, as regras de convivência;
*Confeccionar um quadro de rotinas;
* Programar atividades interativas que incluam professores, pais e funcionários;
* Organizar passeio pela escola para os alunos conhecerem as instalações;
* Selecionar músicas alusivas à apresentações;
* Confeccionar crachás, junto com os alunos;
* Organizar roda da conversa com sugestões e expectativas dos iniciantes;
* Estipular horário especial para a semana de adaptação;
* Confeccionar lembrancinhas.

♥♥♥
Dinâmica: CRACHÁS e/ou FICHAS COM NOME PRÓPRIO

1- O professor mostra o crachá, lê o nome e entrega ao aluno.
2- Os crachás são colocados no chão no meio da roda, permitindo que cada aluno reconheça o seu pegando -o no conjunto dos demais.
3- O professor vira o crachá para baixo no chão e brinca com os alunos de jogo da memória.
4- Chamada individual, onde o professor apresenta o crachá e cada aluno reconhece o seu.
5- O professor apresenta a ficha com o nome próprio de cada aluno para fazer a chamada.
6- As fichas estão no cartaz de pregas. O professor diz o nome do aluno e ele busca a sua ficha no cartaz.
7- O professor entrega ao aluno a ficha de seu nome e as letras móveis correspondentes. A criança à vista do modelo forma seu nome.

♥♥♥
Dinâmica: CHAMADA COM FOTO

- Tempo: 30 minutos.
- Espaço: Sala de aula.
- Idade: A partir de 1 ano e meio.
- Material: Cartolina ou papel-cartão, foto individual das crianças, caneta hidrográfica fina e plástico de fichário.
- Objetivo: Conhecer o colega.
- Preparação: Em pedaços de cartolina ou papel-cartão, escreva o nome de cada criança em letra bastão maiúscula e cole uma foto dela. Plastifique para ter maior durabilidade (use Contact®).
- Descrição:
Coloque todos os cartões sobre uma mesa ou no chão, com a foto e o nome virados para baixo. Uma criança por vez pega um cartão e entrega ao colega que aparece na foto. O professor diz então o nome da criança “descoberta” para estimular o reconhecimento dela pelo grupo. Outro modo de realizar a atividade é deixar os cartões espalhados sobre a mesa com a foto para cima. Peça para cada um pegar o seu cartão e colar no painel da chamada, uma espécie de sapateira com bolsos transparentes, que pode ser feito sobre uma base de papel-cartão. Como se trata de uma chamada, é possível repetir essa atividade diariamente, quando todas as crianças estiverem presentes, durante os primeiros meses do ano. Retome-a se um novo membro entrar no grupo.

♥♥♥
Dinâmica: CADÊ? ACHOU!

- Tempo: Enquanto durar o interesse da turma.
- Espaço: Sala de aula.
- Idade: A partir de 1 ano e meio.
- Material: Bambolê com faixas de tules de diversas cores (o comprimento das faixas deve ser o mesmo da altura do pé direito da sala).
- Objetivo: Ajudar a criança a elaborar a ausência temporária da família.
- Descrição: Pendure firmemente o bambolê no teto da sala de modo que as faixas cheguem ao chão. As crianças vão brincar de esconder atrás delas e entre elas, segurá-las para cobrir parte do corpo e esconder os colegas. Com isso, vão descobrindo que a ausência do outro é temporária e que eles sempre reaparecem.

♥♥♥
Dinâmica: Dança da Cadeira com Nomes

- Objetivo: Reconhecer a escrita de seu nome dentre a escrita dos nomes de todos os colegas.
- Materiais: Fichas com a escrita de todos os nomes ( uma para cada nome ) e cadeiras.
- Procedimentos: O professor propõe às crianças que façam um círculo com as cadeiras. Depois distribui as fichas com os nomes para que as crianças fixem-as nas cadeiras. Inicia-se a dança das cadeiras onde ao término da música cada um deverá sentar na cadeira onde consta a ficha com o seu nome. Realizar a brincadeira diversas vezes sempre trocando as cadeiras de lugar.

Fonte: Grupo Sugestão de Atividades (Maria Alice)

Organizado por Ivanise Meyer®
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...